27 de fevereiro de 2009

Sobre os ultimos dias.

Ela olhava para a noite escura e sem estrelas que havia se instalado na janela de seu quarto. Observava calada e tristonha, como quase sempre se sentia. Nos ultimos tempos andava assim. Insegura, quieta, triste. E tão só quanto se pode estar numa multidão.
E que diabos ela devia fazer pra que ele a visse?! Sim, porque não importava se ele a olhasse, se passasse horas e horas conversando sobre nada com ela, ainda assim não a via. Assim sendo, de que valia que as outras pessoas dissessem qualquer coisa sobre ela? Que importava os estranhos que a olhavam na rua, ou os grandes amigos que diziam que ela era especial? E que valor teria pro mundo que ela se arrumasse, e se esforçasse para se sentir bela, mesmo que nunca conseguisse?! Lagrimas subiram aos seus olhos, mas ela não deixou que elas caíssem. Não ia dormir chorando de novo, se recusava.
Afinal de contas, nem só de dias felizes se alimentava uma paixão. Mas ela sabia, dentro de si, que não ia aguentar continuar vivendo só de dias tristes.

3 comentários:

A mão por trás da pena disse...

ahn li nao da pra te seguir
poe os seguidores disponivel viu?
bjs

Gaby disse...

-- Amei o seu texto, ele retrata tudo o que uma amiga minha estava vivendo.
Adorei o blog. xD

Querido Diário Otário disse...

Achei lindo e um pouco triste também.
Algumas partes me identifiquei :#

Tempo que não vinha aqui, senti saudades.

Beijinhos ;*

Postar um comentário

Anote aí.