12 de março de 2009

Apaixonada

É que eu sempre fui apaixonada, apaixonada pela vida, pelo mundo e principalmente pelas pessoas.
É verdade que me apaixonei do modo classico, pelas certas pessoas certas que cruzaram meu caminho. Mas falo de uma paixão que sinto pelo geral, pela humanidade, compreende?
Me apaixono por histórias, amigos. E simplesmente amo a complexidade de cada vida, de cada ser humano que aqui vive. Me fascinam todos os caminhos que as pessoas trilham, me surpreendo com a capacidade de cada um. Me apaixono por talentos.
Cada pessoa que passa por mim é UNICA, e isso é lindo. Cada ser tem sua historia, seus planos e seus sentimentos. Sim, pois nunca conheci - e duvido que um dia conheça - alguém que nunca tenha sentido nada. Sentimentos também me são encantadores.
E as pessoas seguem vivendo suas vidas, errando e acertando, construindo histórias, marcando momentos, fazendo futuros. Sentindo, acima de tudo.
As pessoas seguem vivendo, distraídas e alheias ao fato de que estar vivo... é completa e imensamente apaixonante.

6 comentários:

Maria disse...

Você é apaixonada por ser. E isso é fantástico. O mais lindo de tudo é saber que vc tem tanta paixão por olhar a vida com seus olhos crédulos, que sempre veem o que há de melhor!

^^

C. disse...

Acho que todos tem uma paixão dessas dentro de si.O problema é que passamos tanto tempo sentindo o que não importa que esquecemos de sentir o que vale a pena.

gabriel___ disse...

é legal ver a complexidade do mundo, melhor ainda é tentar entender, ou se nao conseguir so sentir mesmo, ah sei la, to com sono :P

Lydia disse...

Somos iguais nesse sentindo. Sou uma eterna apaixonada.
Beijão!

A que parou para pensar ; disse...

aah, sempre quis achar alguém que dividisse dessa idéia comigo. Quando me perguntam se estou apaixonada, sempre respondo 'não, eu sou'. é ótimo sentir isso, a gente olha a vida com olhos unicos e que enxergam além... Muito obrigada e aqui é muito encantador! beijoss

matheus disse...

se apaixonar é bom, viver sempre com paixão é melhor ainda então!

Postar um comentário

Anote aí.