12 de junho de 2009

Doze

Namoro tem disso também. Dessas tardes muito longas em dias que tradicionalmente teriam de ser bons. Desses dias frios, preocupados e chuvosos. Dessa distância maior que o normal, dessa ausencia toda. Tem dessas saudades, dessas pequenas mágoas.
Tem dessa vontade de jogar tudo pro alto, de desistir.

Nada que duas xícaras de café, algumas lágrimas doídas e uma longa conversa no mssn não ajudem a curar.

6 comentários:

Felipe Braga disse...

Se tiver cura vale a pena, pois fortalece a união e a comunhão. E, como li aqui uma vez:
"Se amor fosse apenas felicidades, ele não rimaria com dor." Algo assim... Lembra? rs

gabriela; disse...

Feliz Dia dos Namorados para vocÊ, que tem um;

Pra mim, foi Feliz Dia dos Sem-Namorado;

:*

Nasca disse...

^ faço das palavras de gabi as minhas. hehe.

:*

Jaya disse...

Namoro tem de muitas coisas. Muitos dias. Todos os dias.

Beijo, moça fofa.

Ni ... disse...

O que importa é que cura... sempre... de uma forma ou de outra...

Beijo e mais beijos...

Hosana Lemos disse...

eu teria passado meu dia 12 com alguém, caso esse alguém não tivesse me feito o favor de por um final em tudo um dia antes! :P

Postar um comentário

Anote aí.