24 de junho de 2009

Nota noturna

Resta, ao meu redor, essa quase sinfonia, feita de silêncios e cores. Silêncio,esse, repleto de letras coloridas numa tela; cheio dessas frases que devem ser ou gritadas ou escondidas, e que no entanto ficavam ali, nas entrelinhas, subentendidas. Ditas sem dizer.
Desisto de tentar entender, de tentar resumir, de tentar esquecer. Apago as luzes, fecho os olhos, como se a escuridão noturna ainda fosse muito clara. Fecho os olhos numa tentativa infantil de esconder-me, de fugir das coisas que docemente me assombram. Engano-me, eu sei. Não é do lado de fora que as minhas confusões moram, e cerrar as pálpebras, pelo contrário, só me faz enxergar melhor...Abro os olhos, me levanto, olho a noite, volto a deitar. E me reviro na cama, misturo lençois e pensamentos e acabo por perder-me entre eles. Me vêm simultaneamente um sorriso, um suspiro, uma preocupação. Tento novamente o sono, busco alívio, permito-me a tentativa do sonho.
A noite escura me clareia decisões.
Reabro os olhos. Observo o silêncio, escuto o escuro. Perco um suspiro, quase sem perceber. Já sem forças ou alternativas, me ponho a pensar. Sorrio sem precisar saber os motivos.
Logo o sono me vence. Uma oração, um travesseiro, um cobertor.
Logo o dia nasce, e me faz pensar tudo outra vez.

---

Tem se repetido noite após noite.

5 comentários:

Jaime disse...

Lindão Aline. Descrições introspectivas me fazem quase voar. Como agora. Um beijo.

eve disse...

Não conseguiria, não me identificar com esse narrativa de uma noite de pensamentos furtivos. Lindo testo. Beijos

Felipe Braga disse...

É, a noite é complicada. Surgem dúvidas, medos e pensamentos que o dia não pode proporcionar. Pelo menos comigo é assim.
Muito bonito mesmo, Aline. Parabéns.
Beijo na testa.

Nathy disse...

Sou apaixonada pela noite, pela madrugada....entretanto ela também me faz pensar muito e muitas vezes me tira o sono....

Hosana Lemos disse...

às vezes quando me vem um certo desespero na noite, o que me acalma é a idéia da manhã. Mesmo que nada se resolva, o desejo pra que amanheça é forte e eu me acalmo de certa forma...adoro a noite, mas quando ela não é minha inimiga e me faz passar toda as horas que a contém pensando e pensando em fatos, em coisas...
adorei o texto ;)

Postar um comentário

Anote aí.