13 de julho de 2009

Na falta de colírio;

"Quem não tem colírio,
usa óculos escuros"
(Raul Seixas - 'Como vovó já dizia')
.
Deixa eu tentar explicar. É como se tivessem colocado óculos escuros nos olhos do meu coração. Por isso eu ando assim, tão aérea, anestesiada. É tudo culpa desses óculos. Todas as cores do meu mundo se esconderam atrás das lentes. Meu coração protegeu-se da luz e eu ainda não sei bem o motivo. Assim, tudo que eu vejo tornou-se opaco. Está me entendendo? Quero dizer que não é que as cores tenham deixado de existir, nem que as pessoas miúdas tenham deixado de sorrir, nem que a magia que eu vejo - ou via - no mundo desapareceu. Mas é que eu assisto tudo por detrás dessas lentes escuras que me fazem pensar que tudo, de repente, apagou. Vejo tudo como num filme em preto e branco, fico automática, alheia, e não vivo, apenas observo. Os raios de Sol, tão doces, tão necessários, se foram, e uma noite forçada começou.
Meu coração se recusa a tirar os óculos enquanto eu não o obedecer, mas ele sabe que obedecê-lo é trair as minhas idéias;
Meu caro: tudo que eu ainda controlo, tudo que eu posso escolher, tudo isso eu voluntariamente deixei em tuas mãos. Estou aqui, solícita, te dando todas as chances que posso para ser (re)conquistada. Renunciei às outras possibilidades para tentar deixar as coisas como estavam. Só que as coisas mudaram sozinhas, e então eu acho que já nem sei. Só continuo aqui, tentando, permitindo, mais estando do que sendo.
Resta, agora, convencer meu coração a tirar os óculos.

5 comentários:

Cleiton disse...

Nunca é tarde pra recomeçar. Logo logo estes óculos escuros cairão

*Lua* disse...

Acho que, pela descrição, meu coração já usou óculos escuros. É realmente... "estranho". É essa a palavra?
Bom, eu sei que a palavra que define o que acontece depois que se tira os óculos é ÓTIMO. Afinal, as cores realmente fazem falta no mundo...
Adorei seu blog. Você escreve muito bem.
;*

Felipe Braga disse...

Aline, óculos escuros, como dizia o Raul, protege as vistas de serem descobertas. Acho que, de uma certa forma, o coração acaba se protegendo também, mesmo que involuntariamente.
Beijos, pequena grande escritora!

Eloisa disse...

Aline, nao deixe a vida te levar! Pare de ficar apenas observando e viva, aproveite cada segundo e o principal: trilhe teu proprio caminho!
Um beijo!

Bubblegum disse...

shorei.


ok, me reestabeleci!
e vejo que suas palavras, são tão sinceras, que até parecem digitadas por min... enfim, as vezes óculos escuros nos ajudam, pelo menos por um momento escolher ou coração ou cabeção :/ * foi só pra rimar, -q* Se ama, fique ai apenas mais um dia dando "todas estas chances" e caso ver tempo perdido,apenas continue e assim, quem sabe mesmo com óculos, seu olhar ganhe cores. E seu coração amores.

beijos cat :*

Postar um comentário

Anote aí.