18 de setembro de 2009

Quase

Eu vivi sendo quase por tempo demais. Eu vivi quase sendo. E acontece que eu me cansei de meio-termos. Cansei de ser pela metade, de amar pela metade, de sentir só metade. Eu me cansei de não ser plena, de não ser tudo. Me libertei de tudo que pudesse me impedir de ser. E eu quero agora a vida assim. Sem meios sorrisos, sem meias verdades. Sorrir por completo, e já não esconder o que sou, nem como sou, nem o que penso, nem o que sinto. Passei a achar tão triste esse tempo todo de quase-vida. E decidi: eu não vou mais ser quase uma boa amiga, nem quase boa namorada, nem quase amar, nem quase sorrir.
Não vou deixar a vida quase tendo vivido.
Então abram espaço, amigos. Abram espaço pro meu sorriso inteiro passar.

-

Me faltam palavras e eu transbordo em sorrisos.

9 comentários:

Marina disse...

Lindo demais.
É isso ai! Ser inteiro, ser completo, ser pleno.
Meu sonho. Alias, meu objetivo.
É pra lá que vou!
Bjo Linda!

André disse...

Belíssimo texto, Aline... não imaginas a disposiçao de viver que inspiras em quem lê um texto seu como esse!

P.S.: (Quero ser pleno junto, posso?)

=***

Maria Fernanda disse...

Eu queria deixar de quase ser e ser inteira. Mas me faltam pedaços.

Ni ... disse...

E que os sorrisos continuem cada vez mais intensos e completos...

Beijo e mais beijos

Thais Motta disse...

Que você consiga SER , completamente! Por inteiro !

E sorria , MUITO ! Sempre ;)

Um beijo ;*

Ítala disse...

aaaa, sorrisos!
adoro eles...
sabia que ate tenho uma coleção deles?!
é.. um mais especial do que o outro...
cada um com seu significado mais singelo...

então, vou poder guardar o seu na minha coleção tbm?

bom fim de semana..
sorria...

BjOs

Joice Worm disse...

Hehe...
Ser inteiro ou aos pedaços é muito relativo.
Somos inteiros quando nos entregamos de corpo e alma. Somos aos pedaços quando sofremos pelo mesmo motivo.
A vida é uma ambiguidade de sentimentos, que nos faz crescer a filosofar.
Beijos de saudades, linda!

Anônimo disse...

espaço pro se sorriso sempre houve minha pekena,é só nao o deixa-lo mais vago

Gabriela M. disse...

abro sim.
uma rua inteira se precisar.

Postar um comentário

Anote aí.