22 de setembro de 2009

Tímida

A minha timidez não é falsa; Existe, e é parte minha, irrevesivelmente. Eu sou mesmo muito menina, muito ternura, muito sorriso. E prefiro me manter assim. Calada, discreta, doce. Mas eu sou várias, numa só. Então não pense que minha doçura é tudo que tenho. Não pense que eu sou isso e só. Eu sou de muitos olhares e de palavras poucas. E prefiro agir, sem avisar. Surpreender. Provocar. Sou de arrepios, de reações. Não ouse pensar que eu também não tenho o meu lado mulher. Um lado meu que eu escondo, e reservo só aos que eu escolher seduzir.

-

Pro escolhido.

5 comentários:

JuhmiS disse...

*-*

Eloisa disse...

Os tímidos não são todos feitos de timidez. :)

Erica Maria disse...

Ah, texto lindo...

*A ideia do blog não morreu viu?

Até o final do mês ela se concretiza...
estou na correria...

Bjos e te gosto*

Ítala disse...

quem não tem o seu lado timido?
aquele lado que se esconde entre o cabelo jogado nos olhos...

sonhos de menina sempre existem, mostrar-se mulher não a todos que se aproximam, mas só aquele que te gosta de verdade...

Nathy disse...

Gostei e me identifiquei com algumas coisas escritas!

Postar um comentário

Anote aí.