20 de maio de 2010

"Eu gosto de amoras. Amora é feminino de amor" *

Uma vez, quando eu era criança, eu subi num galho da amoreira da casa dos meus tios, porque a amora mais bonita, a que eu queria, estava no fim do galho que terminava bem em cima do laguinho.
Eu terminei arranhada, com o cabelo cheio de folhas, caída no lago, ensopada, tremendo frio. E sorrindo, de não caber em mim.
Aquela foi a amora mais doce do mundo.
-
Eu sou capaz de muito - tudo! - por amoras. E amores.





* A frase é dele
Que sempre tem 
algo a acrescentar,
pra dividir. 




Um comentário:

Ítala disse...

aaah! que delicia!
tbm gosto muito de amoras e amores!
*-*

BjOs

Postar um comentário

Anote aí.