2 de novembro de 2011

(eu fico aqui segurando o choro, tentando descobrir onde é que eu estou errando, me perguntando porque eu é que tenho sempre que ir atrás de todo mundo e não o contrário. sem saber se me sinto egoísta por exigir demais ou patética por me contentar com tão pouco. querendo ir embora mas morrendo de medo de descobrir que ninguém vem atrás de mim.)              

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anote aí.