16 de maio de 2012

se eu pudesse, se eu tivesse tempo, se eu tivesse espaço, se os tempos fossem outros, se as pessoas fossem diferentes, se eu acordasse disposta, se eu acordasse cantando, se eu andasse com a cabeça erguida, se os meus passos fossem mais firmes, se fosse o Batman, se eu fosse rica, se eu fosse burra, se eu tivesse coragem, se eu quisesse mudar, se eu pudesse sair, se eu corresse, se eu fugisse, se eu dissesse, se eu deixasse pra lá, se eu caísse e não levantasse, se eu desistisse, se eu parasse, se eu fosse, se eu deixasse de ir, se eu fizesse um esforço, se eu soubesse dançar, se eu soubesse que doía, se eu pudesse prever, se eu tivesse visto a lua naquele dia, se eu gostasse de cebola, se eu tivesse olhado pela janela, se eu deixasse de dar mais um passo, se eu caísse no abismo do medo, se eu corresse pro lado oposto, se eu descobrisse que não é nada disso...
... tudo seria diferente, e que bom que não é.

Um comentário:

Anônimo disse...

e que bom que não é. [2]

Postar um comentário

Anote aí.